Abertura das causas de Marcelo Câmara e Pe. Léo completam um ano

A instalação dos tribunais para as causas dos Servos de Deus Marcelo Câmara e Padre Léo iniciou-se faz um ano. Este foi o início da etapa diocesana dos processos que investigam a vida e obra dos candidatos à beatificação e à canonização.

Sem data para conclusão, as causas correm em sigilo e podem levar anos. Mesmo pertencentes à mesma arquidiocese e iniciadas no mesmo fim de semana de março de 2020, cada causa ocorre separadamente.

Várias ações em diversas frentes, foram iniciadas durante este período, a fim de divulgar a vida e obra dos candidatos à beatificação em primeiro momento. Outro objetivo dos esforços é de incentivar os testemunhos e depoimentos de pessoas que alçaram graças mediante a intercessão dos já intitulados Servos de Deus, que estão no primeiro passo do processo de canonização.

De forma resumida, após o encerramento de todas as pesquisas e análises, os candidatos passam a ter o título de “Venerável”. Segue-se então rumo à beatificação quando comprovado o primeiro milagre. Já a canonização, quando o candidato recebe o título de “São” ou “Santo” antes do nome, ocorre após a comprovação do segundo milagre.