Liturgia Diária


4ª-FEIRA DA 24ª SEMANA - TEMPO COMUM

Grande é o mistério da piedade!
Leitura da Primeira Carta de São Paulo a Timóteo 3, 14-16
Caríssimo:
Escrevo com a esperança de ir ver-te em breve.
Se tardar, porém, quero que saibas como proceder na casa de Deus, que é a Igreja de Deus vivo, coluna e fundamento da verdade.
Não pode haver dúvida de que é grande o mistério da piedade: Ele foi manifestado na carne, foi justificado no espírito, contemplado pelos anjos, pregado às nações, acreditado no mundo, exaltado na glória!
Palavra do Senhor.
Grandiosas são as obras do Senhor!
Ou: Aleluia, Aleluia, Aleluia.
Eu agradeço a Deus de todo o coração / junto com todos os seus justos reunidos!Que grandiosas são as obras do Senhor, / elas merecem todo o amor e admiração!
R.
Que beleza e esplendor são os seus feitos! / Sua justiça permanece eternamente!O Senhor bom e clemente nos deixou / a lembrança de suas grandes maravilhas.
R.
Ele dá o alimento aos que o temem / e jamais esquecerá sua Aliança. Ao seu povo manifesta seu poder, / dando a ele a herança das nações.
R.
Tocamos flauta para vós e não dançastes;
fizemos lamentações e não chorastes!
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Lucas 7, 31-35
Naquele tempo, disse Jesus:
Com quem hei de comparar os homens desta geração? Com quem eles se parecem?
São como crianças que se sentam nas praças, e se dirigem aos colegas, dizendo: 'Tocamos flauta para vós e não dançastes; fizemos lamentações e não chorastes!'
Pois veio João Batista, que não comia pão nem bebia vinho, e vós dissestes: 'Ele está com um demônio!'
Veio o Filho do Homem, que come e bebe, e vós dizeis: 'Ele é um comilão e beberrão, amigo dos publicanos e dos pecadores!'
Mas a sabedoria foi justificada por todos os seus filhos. '
Palavra da Salvação.

NOSSA SENHORA DAS DORES - SANTORAL

Aprendeu o que significa a obediência a Deus
e tornou-se causa de salvação eterna.
Leitura da Carta aos Hebreus 5, 7-9
Cristo, nos dias de sua vida terrestre, dirigiu preces e súplicas, com forte clamor e lágrimas, àquele que era capaz de salvá-lo da morte. E foi atendido, por causa de sua entrega a Deus.
Mesmo sendo Filho, aprendeu o que significa a obediência a Deus por aquilo que ele sofreu.
Mas, na consumação de sua vida, tornou-se causa de salvação eterna para todos os que lhe obedecem.
Palavra do Senhor.
Salvai-me pela vossa compaixão, ó Senhor Deus!
Senhor, eu ponho em vós minha esperança; / que eu não fique envergonhado eternamente!Porque sois justo, defendei-me e libertai-me / apressai-vos, ó Senhor, em socorrer-me!
R.
Sede uma rocha protetora para mim, um abrigo bem seguro que me salve!Sim, sois vós a minha rocha e fortaleza; / por vossa honra orientai-me e conduzi-me!
R.
Retirai-me desta rede traiçoeira, / porque sois o meu refúgio protetor!Em vossas mãos, Senhor, entrego o meu espírito, / porque vós me salvareis, ó Deus fiel!
R.
A vós, porém, ó meu Senhor, eu me confio, / e afirmo que só vós sois o meu Deus!Eu entrego em vossas mãos o meu destino; / libertai-me do inimigo e do opressor!
R.
Como é grande, ó Senhor, vossa bondade, / que reservastes para aqueles que vos temem! / Para aqueles que em vós se refugiam, / mostrando, assim, o vosso amor perante os homens.
R.
Mãe entre todas bendita, do Filho único aflita,
a imensa dor assistia (Stabat Mater).
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo João 19, 25-27
Naquele tempo:
Perto da cruz de Jesus, estavam de pé a sua mãe, a irmó da sua mãe, Maria de Cléofas, e Maria Madalena.
Jesus, ao ver sua mãe e, ao lado dela, o discípulo que ele amava, disse à mãe: 'Mulher, este é o teu filho'.
Depois disse ao discípulo: 'Esta é a tua mãe'. Daquela hora em diante, o discípulo a acolheu consigo.
Palavra da Salvação.