“Queremos o Batismo!” 16 jovens decidem seguir a Cristo e manifestar sua fé

“Celebramos hoje, dentro do tempo pascal, a atualidade do mistério da Ressurreição na vida de cada um de nós, e em especial na vida e na caminhada daqueles que querem fazer parte de nossa comunidade de fé. Hoje o Cristo, vivo e vencedor acolhe entre os seus discípulos alguns jovens que se prepararam para o Sacramento do Batismo. Nós nos alegramos com eles, com seus familiares, com toda a comunidade paroquial e, de modo especial com seus catequistas. Queremos oferecer nossas vidas em ação de graças por tudo o que Deus realiza em nossas vidas e nessa caminhada tão especial. Acolhemos também os familiares e amigos, e toda a comunidade que acompanha e celebra junto pelas redes sociais de nossa paróquia.”

Assim a catequista saudava a todos, em nome da Paróquia Santa Inês, nessa celebração tão significativa e importante. Nesse tempo estranho para a fé em comunidade, quando algo tão pequeno quanto um vírus nos dá uma tremenda lição de humildade e causa um terror tão grande diante da vida em risco, mesmo assim a caminhada da fé continua, pois a própria fé é isso: caminho que se faz caminhando. Mesmo que caminhando com distanciamento entre nós, sem ver o sorriso oculto pelas máscaras, mas caminhando juntos, cada um de suas casas, mas em uma mesma sintonia, guiados e motivados pelo mesmo Deus de nossa fé.

Foi praticamente assim a caminhada de formação catequética nesse ano e ano passado. Mas, graças à disposição, dedicação e perseverança de catequistas e catequizandos, nessa noite de sábado, 17 de abril, 16 jovens, acompanhados nesse processo de discernimento e comprometimento, pedem à Igreja o Batismo.

Frei Clauzemir, que presidiu a celebração, logo no início, foi bastante claro:

“Queridos irmãos e irmãs, nós acolhemos e nos alegramos hoje com esses jovens. Também com seus familiares, padrinhos e amigos aqui presentes, e com todos que nos acompanham e os acompanham nesse momento de alegria. Com muita alegria recebemos cada um de vocês, somos a Igreja, família de Deus. Por isso tudo eu pergunto agora: o que vocês pedem à Igreja de Deus?”

A resposta foi mais clara ainda da parte dos 16 jovens que se apresentaram:

“Queremos o batismo!”

A celebração transcorreu nesse clima, de gratidão a Deus por tudo o que recebemos, inclusive por podermos celebrar a vida nova desses jovens em uma época tão desafiadora. Tanto é que nem as famílias puderam comparecer sem preocupações: as restrições quanto ao número de fiéis permitidos na igreja, obrigou muitas pessoas a acompanharem de casa, ainda bem que a celebração foi transmitida pelas redes sociais da Paróquia Santa Inês @santainesbc. Nosso agradecimento à equipe da Pascom que se torna extensão da mão de Deus, levando a graça da participação e comunhão a quem está distante.

Após a homilia, em que todo o povo foi exortado no verdadeiro sentido do Batismo como pertença e compromisso, toda a Igreja rezou sobre o óleo que transmitiria a força do próprio Deus aos que seriam batizados:

Ó Deus proteção de vosso povo, que fizestes do óleo, vossa criatura, um sinal de fortaleza: concedei a estes jovens a força, a sabedoria e as virtudes divinas, para que sigam o caminho do Evangelho de Jesus, tornem-se generosos no serviço do Reino e, dignos da adoção filial, alegrem-se por terem renascido no batismo e pertencerem à vossa Igreja. Por Cristo, nosso Senhor. Amém!

Ungidos com a força de Deus, eles jamais estarão sozinhos, e poderão enfrentar com coragem os desafios de serem cristão no mundo de hoje. E justamente esse compromisso é afirmado na renúncia a todo mal e profissão de Fé, para, finalmente serem banhados nas águas batismais, renascendo em Cristo para a verdadeira vida.

Esses 16 jovens ainda não participaram do Banquete Eucarístico, mas agora membros da Igreja, iniciados nos Sacramentos, se preparam para sua Primeira Eucaristia, que acontecerá no próximo mês em nossa Paróquia, junto a mais de duzentos jovens que também se preparam para tal. Serão cinco celebrações de Primeira Eucaristia, distribuídas nos sábados do mês de maio, de modo a respeitarmos a quantidade permitida e mantermos o distanciamento necessário.

PASCOM Santa Inês.